Inova Embalagens - Simples, leve e nova
 
 
 
NOTÍCIAS

Valorizar e preservar o Meio Ambiente faz bem para sua empresa
11/02/2007 - 23h11


O cenário atual do mercado é marcado pela busca incessante de lucros, a liderança em produtividade e a eficiência operacional – resultantes do foco na gestão, controle de risco e disciplina financeira – devem ser, portanto, objetivos fundamentais. Na busca de excelência, são aplicadas ferramentas que visam alavancar estes resultados. Infelizmente, fruto talvez de miopia administrativa, muitas organizações abandonam ou mesmo não implantam ferramentas que criam a base necessária para o sucesso, muitas destas ferramentas são simples, fáceis de serem implantadas e o mais importante, rapidamente produzem os resultados positivos. Entre elas citamos a cultura dos 3R.

Na adoção dessa cultura, as medidas recicláveis geram não apenas vantagens para a economia, mas grandes ganhos na qualidade ambiental, que têm reflexos em toda a sociedade.

Eis alguns exemplos:
Cada tonelada de papel reciclado representa 3 m³ de espaço disponível nos aterros sanitários. A energia economizada com a reciclagem de uma única garrafa de vidro é suficiente para manter acesa uma lâmpada de 100 W durante quatro horas.

Com a reciclagem de uma lata de alumínio economiza-se o suficiente para manter ligado um aparelho de televisão durante 3 horas.

1 tonelada de papel reciclado significa economia de três eucaliptos e 32 pinus, árvores usadas na produção de celulose.

Na fabricação de 1 tonelada de papel reciclado são necessários apenas 2 mil litros de água, ao passo que no processo tradicional esse volume pode chegar a 100 mil litros por tonelada. O Brasil só recicla cerca de 30% de seu consumo de papel. O vidro é 100% reciclável e o Brasil só recicla cerca de 14,2% do vidro que produz e consome.

Fica a pergunta: Qual a justificativa para não se investir nestas e outras práticas básicas de gestão?

Se fizermos uma pesquisa com a população, perguntando o que vem a ser 3R, seguramente a maioria não saberá responder. Resultado de um processo de educação ambiental incipiente ou não eficaz.

A cultura dos 3R:
Reduzir - consumir menos é fundamental. Hoje, o Brasil produz 88 milhões de toneladas de lixo por ano, cerca de 440 quilos por habitante;

Reutilizar - é impossível reduzir a zero a geração de resíduos. Mas muito do que jogamos fora deveria ser mais bem reaproveitado. Potes e vasilhames de vidro e caixas de papelão podem ser úteis em casa ou nas indústrias de reciclagem. E o destino de restos de comida, como cascas e folhas, tinha de ser a compostagem;

Reciclar - o "erre" mais conhecido é sinônimo de economia de matérias-primas. Vidro, papel, plástico e metal representam, em média, 50% do lixo que vai para os aterros. Além disso, a reciclagem pode virar dinheiro. O economista Sabetai Calderoni, do Núcleo de Políticas Estratégicas da USP e autor do livro Os Bilhões Perdidos no Lixo, calcula em 5,8 bilhões de reais por ano o total que o Brasil deixa de arrecadar com materiais recicláveis. Uma fortuna equivalente a dezessete vezes o orçamento do Ministério do Meio Ambiente.

Princípios
- Reduzir: a produção do lixo;
- Reutilizar: os materiais (sempre que possível);
- Reciclar: o que não pode ser reduzido nem reutilizado.

Fonte:http://www.ibps.com.br



« Voltar para página anterior
 
Rua Catharina Farsarella Gallego, 506 | Valinhos / SP | CEP: 13.274-020
Contato: +55 (19) 3881-2614 ou inova@inovaembalagens.com.br
 
Desenvolvimento: APICE Comunicação